Já conhece a nova unidade Asa Norte? Saiba mais. | WhatsApp (61) 9 8641-9201.
  • SEPN 513 Norte, Lt. 01, Bl. A, 3ºandar, Sl. 301 a 307, Edif. Bittar I, Brasília

Terapia com Laser

Método rápido e eficaz, que pode ser feito em conjunto com outras terapias de tratamento e em todas as idades.

Terapia de Baixa Potência

As terapias de baixa potência são coadjuvantes no tratamento, compreendendo método rápido, eficaz, que pode ser feito em conjunto com outras terapias de tratamento e em todas as idades.

Tipos:

Laserterapia
Fotobiomodulação (Fototerapia)
Terapia Luminosa (Ledterapia)
Terapia ILIB

O que é o Tratamento com Laser?

A Laserterapia é uma técnica de fototerapia que envolve a aplicação de uma luz monocromática e coerente de baixa intensidade em muitos tipos de lesões e patologias. Também conhecida como terapia de fotobiomodulação.

Um dos principais objetivos da laserterapia é normalizar o processo de reparação tecidual.


O tratamento com Laserterapia é local e indolor e utiliza equipamento que emite a luz laser. A energia da luz é absorvida pela pele acelerando a regeneração tecidual. A duração do tratamento com laser e número de sessões depende de cada tratamento.

Características da Laserterapia:

Pode ser realizado na casa do paciente.
Proporciona o alívio de dores, tem ação anti-inflamatória.
Tem capacidade de melhorar o PH natural da pele.
Acelera o processo de cicatrização no fechamento de feridas.
Atua na estimulação e reparo de células nervosas em parestesias.
Não apresenta efeitos colaterais. (Fototerapia)
Ameniza e previne intercorrências comuns em pós-operatório de cirurgias plásticas.

Vantagens e Aplicações

Quando aplicada sobre feridas cutâneas a laserterapia é capaz de promover como principais efeitos fisiológicos resolução anti-inflamatória, neoangiogênese (crescimento de novos vasos sanguíneos), proliferação epitelial (tecido) e de fibroblastos (células), síntese e deposição de colágeno, revascularização e contração da ferida.

A laserterapia é estudada mundialmente, e uma das razões da popularidade desse tipo de tratamento está relacionado ao baixo custo (quanto comparado com outras tecnologias de cuidados com feridas) e a objetividade e simplicidade dos procedimentos clínicos a que se destina.

A utilização de laser, entretanto, é contraindicada em casos de tumor maligno localizado ou irradiado; epilepsia; sobre a glândula tireoide; sobre abdômen gravídico; para pessoas com elevada hipersensibilidade e em casos de trombose em veia pélvica ou veias profundas das pernas.

Mais aplicações da terapia:

Preparo de cirurgia plástica.
Quelóides
Dores crônicas (algias)
Drenagem linfática
Reparo de cicatrizes
Tratamento de enxaqueca, cefaleias. (Fototerapia)
Micoses da unha (Onicomicose)
Rachaduras e Fissuras Mamárias

Tire suas dúvidas sobre o tratamento com laser

Sabemos que a terapia de baixa potência é um método rápido, eficaz e pode ser feito em conjunto com outros métodos de tratamento em todas as idades. Se você tem outras dúvidas sobre esse tema, confira a seção de perguntas e respostas a seguir ou Fale com a Gente.
01. O que é Terapia de Fotobiomodulação?
É a terapia que se baseia na interação da luz (Laser, LED) com os tecidos do corpo humano, estimulando os processos fotofísicos, fotoquímicos e fotobiológicos em nível mitocondrial e aumentando o metabolismo celular. A terapia ILIB (do termo em inglês Intravascular Laser Irradiation of Blood ou irradiação de luz laser sobre o sangue) também é uma terapia de Fotobiomodulação.

O termo Fotobiomodulação (também conhecido como Fototerapia) é usado para abordar de forma mais abrangente a ação da luz com objetivos terapêuticos, cujo efeito pode ser bioestimular ou bioinibir. A bioinibição acontece quando ocorre o excesso de degradação de fibras de colágeno e outras biomoléculas na pele.

A fotobiomodulação utiliza fontes de luz monocromáticas (laser e LEDs) para realizar a modulação de processos bioquímicos relacionados ao metabolismo celular.

Lasers e LEDs são semelhantes, pois emitem radiação monocromática, contudo a radiação emitida pelos lasers é uma radiação estimulada e coerente, enquanto o LED emite radiação espontânea e não coerente.
02. A laserterapia é a melhor indicação para minha lesão?
Antes de iniciar qualquer tratamento de saúde, inclusive a Laserterapia, é importante consultar um profissional de saúde habilitado para realizar a correta avaliação da patologia, a partir do que poderá estabelecer se o tratamento com laserterapia é a melhor indicação.
03. Quais as vantagens da laserterapia no pré e pós operatório de cirurgia plástica?
No pré-operatório exerce ação antiglicante (proteção contra efeitos da reação química de alguns açucares presentes na pele que provocam perda de elasticidade, potencializando o surgimento de rugas); Nutrição celular e hidratação.

No pós-operatório permite a redução de edemas, redução de fibroses, aumento da hidratação e nutrição celular, Biomodulação da cicatrização, drenagem linfática, aceleração da regeneração e recuperação tecidual, estímulo à produção de fibras colágenas e elásticas, ameniza e previne intercorrências comuns como o previsível processo inflamatório.

Estimula a mitose celular e reprodução de fibroblastos. Impede e minimiza quelóides e alargamento cicatricial.
04. A laserterapia na lesão por pressão acelera o processo de cicatrização?
Estudos comprovam melhora importante no processo de cicatrização das lesões por pressão, quando tratada a partir da aplicação de laser de baixa intensidade.

A intervenção com a utilização da laserterapia acelera a proliferação tecidual e aumenta a vascularização local, com a formação de tecido de granulação mais organizado, favorecendo uma rápida cicatrização da lesão.
05. A laserterapia pode auxiliar nas fissuras dos mamilos das mamães?
Sim. Nos casos em que a cicatrização demora ou as fissuras são muito grandes as mulheres podem recorrer a laserterapia de baixa potencia. A técnica oferece um tratamento terapêutico que possui ações anti-inflamatórias, anti-edema e analgésica.

É indicado para traumas mamilares comuns na fase inicial de amamentação, como as fissuras ou a sensação dolorosa.
06. Quais são as propriedades do Laser?
A termo LASER é uma sigla em inglês que significa “Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation” (Amplificação de Luz por Emissão Estimulada de Radiação). Entre suas propriedades se destacam: Efeito analgésico; Propriedade anti-inflamatoria; Ação bioestimulante; Ação descontraturante.

Dúvidas? Ligamos para você!






    contato_clinica-cenfe-saude